ONU estende missão de paz no Haiti por mais um ano

O Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou por unanimidade nesta sexta-feira a extensão, por mais um ano, da missão de paz da entidade no Haiti. Apesar da prorrogação da missão, o CS da ONU determinou uma redução de 15% no contingente militar e de 20% no contingente policial.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2012 | 16h53

Com isso, a missão de paz da ONU no Haiti, que é comandada pelo Brasil, passará a contar com 6.270 soldados e 2.601 policiais. A redução de contingente foi recomendada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

A resolução do CS da ONU enfatiza que o estabelecimento de uma força policial haitiana é uma prioridade para o próximo ano.

A Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) chegou ao país em 2004, depois da deposição do presidente democraticamente eleito Jean-Bertrand Aristide. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.