ONU estende permanência da Otan no Afeganistão

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) estendeu por um ano a autorização para as forças lideradas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) atuarem no Afeganistão. A decisão foi aprovada hoje por unanimidade.

AE-AP, Agencia Estado

08 de outubro de 2009 | 18h30

O Conselho aprovou a extensão da permanência dos 65 mil soldados da Força de Assistência à Segurança Internacional, destacando a importância na proteção de civis.

A resolução enfatiza a importância de treinar e melhorar as habilidades das forças de segurança do Afeganistão para que se tornem autossuficientes e possam proteger o país.

O Conselho de Segurança também emitiu um comunicado condenando o "repreensível" ataque desta quinta-feira contra a Embaixada da Índia em Cabul e exigindo que os responsáveis sejam levados à Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUOtantropasAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.