ONU: EUA e França querem impedir reeleição no Líbano

O Conselho de Segurança da ONU deverá discutir hoje ou amanhã um projeto de resolução apresentado por EUA e França que visa barrar a reeleição do presidente do Líbano, Emile Lahoud. A vice-embaixadora dos EUA junto à ONU, Anne Patterson, disse esperar que a votação ocorra em breve. EUA e França correm contra o tempo, porque o presidente do Parlamento do Líbano, Nabih Berri, convocou para sexta-feira a votação de uma emenda constitucional que permitiria a Lahoud manter seu mandato por mais três anos. Ontem, o governo do Líbano acusou os EUA e a França de "chantagem". No Conselho de Segurança, a proposta de resolução deverá sofrer oposição por parte da Argélia (único país árabe representado no colegiado) e provavelmente também por parte de Rússia e China, que tradicionalmente se opõem a interferências estrangeiras em assuntos internos dos países.A resolução também pede a retirada das tropas sírias do Líbano. A Síria apóia o presidente Lahoud e é vista como o verdadeiro poder por trás das instituições libanesas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.