ONU exige investigação sobre bombardeio

A alta comissária da ONU para os direitos humanos, Navi Pillay, exigiu ontem uma investigação sobre o ataque aéreo que matou 12 pessoas em um campo de refugiados no Sudão do Sul. O chefe das forças de paz da entidade acusa Cartum pelo bombardeio, mas o embaixador do Sudão na ONU nega que a ação tenha ocorrido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.