ONU exige retirada de civis de áreas de combate na Síria

O chefe da missão de observadores da Organização das Nações Unidas (ONU) na Síria exigiu neste domingo que as partes em conflito em Homs e outras zonas de combate no país promovam a retirada de mulheres, crianças, idosos e enfermos.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 19h36

O general Robert Mood, chefe da missão de observadores da ONU, disse que nem as tropas do governo sírio nem os grupos rebeldes armados estão se mostrando dispostos a uma trégua temporária para a saída de civis, em especial no caso de Homs.

Ele salientou ainda que, até o momento, todos os esforços da ONU para retirar os civis de Homs fracassaram. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaconflitoONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.