ONU fica apreensiva com ataque a hotel de Ouattara

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ficou "profundamente alarmado" pelas incitações a ataques contra o hotel na Costa do Marfim onde o homem eleito presidente está morando.

REUTERS

30 de dezembro de 2010 | 18h11

"O secretário-geral continua apreensivo com a deterioração da situação na Costa do Marfim", disse a assessoria de imprensa da ONU em nota.

"Ele ficou profundamente alarmado ao saber das incitações do Sr. Ble Goude aos chamados Jovens Patriotas para que ataquem o Golf Hotel de Abidjan a partir de 1o de janeiro", dizia a nota.

A nota afirma que os soldados da tropa de paz na Costa do Marfim, conhecida como Unoci, estão "autorizados a usar todos os meios necessários para proteger seu pessoal, como também os funcionários do governo e outros civis nas premissas do hotel".

Líderes mundiais estão pressionando Laurent Gbagbo para que renuncie à Presidência e entregue o poder a Alassane Ouattara, reconhecido internacionalmente como vencedor das eleições no mês passado. Gbagbo e seus aliados rejeitaram os resultados das eleições, verificados pela ONU, que declararam Ouattara o vencedor.

Charles Ble Goude é o líder do movimento pró-Gbagbo "Jovem Patriota" e ministro da Juventude no governo de Gbagbo.

Ouattara e seus aliados estão se protegendo no Golf Hotel, que está cercado pela Unoci.

"Qualquer ataque contra o Golf Hotel poderá provocar violência generalizada, o que poderia terminar em guerra civil", dizia a nota.

"O secretário-geral conclama a todos que possam estar contemplando a participação no ataque a evitarem uma ação tão perigosa e irresponsável", acrescentou a nota.

"Ele pede que os cidadãos defensores da paz na costa do Marfim contribuam pela restauração da estabilidade duradoura e da democracia no seu país."

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCOSTADOMARFIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.