ONU finaliza transporte de ajuda para desabrigados birmaneses

Ciclone Nargis afetou 2,5 milhões de pessoas em maio passado em Mianmar; 134.000 morreram

Efe,

22 de agosto de 2008 | 04h23

As Nações Unidas deram nesta sexta-feira, 22, por concluída sua missão de transportar alimentos por via aérea ao sul de Mianmar (antiga Birmânia). O ciclone Nargis deixou 2,5 milhões de desabrigados em maio passado. Durante a operação, o Programa de Mundial de Alimentos (PMA), transportou até a região afetada, um total de 4 milhões de toneladas de produtos de primeira necessidade, segundo o comunicado da agência das Nações Unidas. O transporte de alimentos desde o antigo aeroporto de Dong Muang, em Bangcoc, capital da Tailândia, começou quase um mês depois da catástrofe devido à atitude da Junta Militar birmanesa, reticente a permitir a entrada da ajuda internacional e os voluntários estrangeiros. Em três meses, os aviões da agência da ONU fizeram 232 vôos a Mianmar, os primeiros para Yangun, a antiga capital, e o resto direto para o delta do rio Irrawaddy, onde morreram ou desapareceram cerca de 134.000 pessoas. Além de alimentos, os aviões também transportaram material de campanha, remédios, e equipes para a purificação de água.

Tudo o que sabemos sobre:
MianmarONUajuda humanitária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.