ONU informa morte de 100 talebans em Mazar-i-Sharif

As Nações Unidas informaram hoje que mais de 100 soldados do Taleban que tentavam se abrigar em uma escola de Mazar-i-Sharif foram assassinados por tropas da Aliança do Norte. "Temos fontes que informaram que mais de 100 tropas talebans, a maioria de jovens recrutas, que estavam se escondendo na escola foram mortas por forças da Aliança do Norte no domingo depois das 18h (horário Local)", disse o porta-voz da ONU em Islamabad, Stephanie Bunker. Bunker não identificou as fontes ou deu maiores detalhes. No entanto, as Nações Unidas possui um quadro de funcionários afegãos em Mazar-i-Sharif. A Aliança do Norte recapturou a cidade nortista na sexta-feira, forçando a fuga de tropas talebans. Porém, alguns soldados da milícia - provavelmente recrutas do Paquistão - não fugiram com o restante das forças e se refugiaram em uma escola. Ainda não está claro se os recrutas do Taleban foram mortos enquanto combatiam as tropas da Aliança do Norte ou se foram capturados e executados. Entretanto, a fuga taleban ocorreu na sexta-feira e, segundo Buncker, os soldados foram assassinados mais de 24 horas depois, sugerindo que eles não foram mortos em batalha. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.