ONU interrompe vôos regulares com auxílio a Mianmar

Os vôos de carga regularmente programados para Mianmar promovidos pelas Nações Unidas deixarão de ocorrer. O Programa Mundial de Alimentação da ONU informou que a última dessas aeronaves deixou uma central de suprimentos em Bangcoc, na capital tailandesa, na sexta-feira. Segundo a entidade, 232 vôos seguiram para Mianmar, levando 4 mil toneladas em assistência, incluindo material para abrigo, medicamentos, redes de mosquito e equipamento para purificação de água, às vítimas do ciclone Nargis. A tempestade dos dias 2 e 3 de maio deixou cerca de 140 mil mortos ou desaparecidos. Mais de um milhão de pessoas ficaram desabrigadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.