ONU: investigação de programa nuclear do Irã empacou

A agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) declarou nesta sexta-feira que suas tentativas de investigar alegações de que o Irã teria atuado na fabricação de armas nucleares chegaram a um impasse.

Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2014 | 14h53

A agência da ONU analisou informações relativas a supostos experimentos com detonadores que podem ser utilizados para a ativação de armas nucleares, explosivos utilizados em detonações nucleares, dentre outros objetos.

"O Irã não provê explicações que permitam à agência esclarecer essas práticas", afirma o relatório sobre o caso.

A investigação da ONU é conduzida desde fevereiro, quando Teerã concordou em realizá-la, em uma decisão que foi vista pela comunidade internacional como uma nova disposição diplomática que poderia reduzir as tensões sobre o programa nuclear.

A declaração da agência nesta sexta-feira, no entanto, é importante para reconhecer a que pé estão as negociações dos Estados Unidos e outros países com Teerã a respeito do programa nuclear. As nações têm até o dia 24 deste mês para firmarem um acordo sobre a questão, mas o processo diplomático tem prosseguido a passos lentos.

Caso o prazo seja descumprido, será ainda mais difícil que um acerto ocorra, já que parlamentares norte-americanos críticos à iniciativa ganharão força, bem como cidadãos iranianos contrários a uma aproximação com os Estados Unidos. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
ONUIrãprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.