ONU mostra ceticismo antes de diálogo nuclear

O chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), da ONU, Yukiya Amano, disse ontem não estar otimista com a nova rodada de negociação entre o Irã e as grandes potências, marcada para a próxima semana. Amano reclamou que as autoridades iranianas não deram acesso tampouco garantias sobre a instalação militar de Parchin, perto de Teerã, onde a agência atômica suspeita ter havido testes usados para desenvolvimento de tecnologia nuclear com fins militares. O Irã não se pronunciou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.