ONU pede ajuda a desalojados por guerra no Paquistão

Grupos de ajuda humanitária no Paquistão precisam de quase US$ 538 milhões nos próximos seis meses. A quantia é solicitada para dar assistência às pessoas desalojadas pelos confrontos do Exército paquistanês contra o Taleban, informou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU).

AE-AP, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2010 | 18h55

Estima-se que 1 milhão de paquistaneses estejam desalojados. A maioria deles está com familiares e amigos, mas dezenas de milhares continuam em campos de refugiados.

A ONU chegou ao valor de US$ 538 milhões após avaliar as necessidades e objetivos de dezenas de agências humanitárias, locais e internacionais, e do governo paquistanês. A maior parte do dinheiro, cerca de US$ 195 milhões, será destinada à alimentação dos desalojados.

O apelo foi feito enquanto a maior parte das atenções mundiais se dirige para ajudar as vítimas do terremoto no Haiti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.