ONU pede cessar-fogo imediato e incondicional em Gaza

O Conselho de Segurança da ONU clamou por um "imediato e incondicional cessar-fogo humanitário" na Faixa de Gaza entre as tropas de Israel e o grupo rebelde Hamas.

AE, Agência Estado

28 de julho de 2014 | 01h49

O Conselho aprovou a declaração em uma reunião de emergência logo após a meia-noite de segunda-feira em meio às celebrações do fim do Ramadã para os muçulmanos, chamado de Eid ul-Fitr.

O pedido de cessar-fogo ocorre em meio aos novos ataques entre os dois lados, apesar de ter havido uma trégua temporária neste final de semana.

O texto, aprovado por todos os 15 membros do Conselho de Segurança, incita que Israel e o Hamas "aceitem e implementem integralmente um cessar-fogo entre o feriado de Eid ul-Fitr e os dias que se seguirem". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGazaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.