ONU pede fim do embargo americano a Cuba pela 19ª vez

Apenas EUA e Israel votam contra a resolução aprovada pela Assembleia-Geral

estadão.com.br,

26 de outubro de 2010 | 15h05

NOVA YORK - A Assembleia-Geral da ONU aprovou nesta terça-feira por ampla maioria uma resolução que novamente pede o fim do embargo econômico e comercial que há mais de meio século os Estados Unidos decretaram contra Cuba.

 

Este foi o 19º ano consecutivo no qual a Assembleia Geral da ONU adotou a medida, amplamente simbólica, para pressionar pela "necessidade de se acabar com o embargo econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América a Cuba".

 

O documento alcançou apoio quase unânime dos 192 países que integram a ONU, já que a favor votaram 187 membros, contra dois (EUA e Israel) e houve 3 abstenções (as Ilhas Marshall, Palau e Micronésia).

Com Efe e AP

Tudo o que sabemos sobre:
EUACubaembargo a CubaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.