ONU pede mais ajuda humanitária para a Síria

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, pediu nesta quarta-feira um grande esforço internacional para aumentar os fundos de ajuda humanitária da Síria. Falando em uma conferência no Kuwait, Ban também fez um apelo que a guerra terminasse em "em nome da humanidade", visto que cada vez mais refugiados têm fugido para os países vizinhos, como Jordânia e a Turquia.

AE, Agência Estado

30 de janeiro de 2013 | 09h05

Frente a representantes de mais de 60 nações na conferência, a ONU pediu que os países doassem cerca de US$ 1,5 bilhão para ajudar os sírios abatidos pela guerra civil e por volta de 700 mil refugiados nos países da região.

Os autoridades da ONU afirmam que possuem apenas uma fatia do montante total necessário, apesar das doações internacionais terem aumentado muito antes do encontro no Kuwait. Ontem, a União Europeia e os Estados Unidos prometeram ceder um total de quase US$ 400 milhões para a Síria.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.