ONU pede o número de civis mortos por drones

Um especialista da ONU pediu ontem que os EUA revelem o número de civis que, segundo as estimativas das autoridades americanas, foram mortos recentemente por aviões não tripulados em operações contra radicais islâmicos. Segundo o relator especial da ONU Ben Emmerson, informações preliminares mostram que drones mataram ao menos 450 civis no Paquistão, no Afeganistão e no Iêmen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.