ONU planeja maior assistência a palestinos

A principal agência humanitária da Organização das Nações Unidas (ONU) no Oriente Médio anunciou nesta segunda-feira planos para incrementar drasticamente seu programa alimentar para a região para ajudar a pôr fim ao aumento da desnutrição na Faixa de Gaza e na Cisjordânia.A UNRWA informou que planeja distribuir comida para 1,3 milhão de palestinos durante o primeiro semestre de 2003. Antes do atual conflito entre palestinos israelenses, a agência auxiliava apenas 11.000 famílias na região."Duvido que exista na história um caso de deterioração social desta magnitude em apenas dois anos, como aconteceu na Palestina e nos territórios ocupados", denuncia Peter Hansen, comissário-geral da agência. Mais de 70% dos palestinos vivem com menos de US$ 2 por dia, recorda ele."Estamos falando agora sobre taxas de emprego, já que existe mais desemprego que emprego", disse Hansen. "A economia palestina entrou em colapso."A UNRWA, que solicitará ajuda de US$ 200 milhões nos apelos globais da ONU para 2003, informou que utilizará US$ 35 milhões para cobrir seus planos de ajuda alimentar durante os primeiros seis meses do próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.