ONU pode supervisionar processo de paz no Nepal

Samuel Tamarat, conselheiro político do subsecretário de Assuntos Políticos da ONU se reuniu nesta terça-feira, em Katmandu, com o primeiro-ministro do Nepal, Girija Prasad Koirala, para discutir a possibilidade de as Nações Unidas intermediarem as negociações de paz entre o Governo e a guerrilha maoísta, informaram fontes ligadas ao primeiro-ministro nepalês.Tamarat se reuniu com Koirala e falou do possível papel das Nações Unidas na supervisão das conversas de paz, disse Suresh Chalise, dirigente do Congresso Nepalês, principal partido político do país.O representante da ONU também se reuniu com o vice-primeiro-ministro e encarregado de Relações Exteriores do Nepal, K.P. Sharma Oli, e o secretário-geral do Partido Comunista do Nepal-Unificado Marxista-Leninista (CPN-UML), Madhav Kumar, entre outros.A guerrilha maoísta e o governo declararam cessar-fogo e chegaram a um acordo para a criação de uma Assembléia Constituinte, uma das reivindicações dos rebeldes. Os maoístas, no entanto, não aceitam se desarmar antes das eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.