ONU poderá ter resolução contra expulsão de Arafat

A decisão israelense de expulsar Yasser Arafat de sua base na Cisjordânia chegou ao Conselho de Segurança da ONU nesta sexta-feira. O rascunho de uma resolução para prevenir a deportação do líder palestino vai ser submetido a consulta entre os países membros do Conselho. O pedido de consulta partiu de Angola em nome do Movimento dos Não Alinhados, que reúne 116 países, a maior parte em desenvolvimento.O rascunho de resolução pede que ?Israel, a força de ocupação, desista de qualquer ato de deportação e cesse qualquer ameaça à saúde do presidente eleito da Autoridade Nacional Palestina?. O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, já classificou a decisão de Israel como "perigosa e contraproducente em uma situação de tensão e instabilidade na região", de acordo com um porta-voz. Israel anunciou a decisão de expulsar Yasser Arafat sem no entanto marcar data para fazê-lo. A decisão foi tomada na quinta-feira depois que, um dia antes, dois ataques suicidas em Jerusalém e Tel Aviv deixaram 15 mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.