ONU prepara campos de refugiados no Paquistão

O governo do Paquistão autorizou hoje a ONU a construir um campo de refugiados em uma área próxima à fronteira com o Afeganistão, onde dias atrás a polícia paquistanesa disparou suas armas para impedir que afegãos entrassem no país. O campo será levantado em Kili Faizo, no sudoeste do Paquistão, a cerca de dois quilômetros de Chaman, na fronteira com o Afeganistão. O Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur) preparou cerca de 1.000 tendas, ajudado por militares paquistaneses e com a assistência do grupo Médicos Sem Fronteira e o Programa Alimentar Mundial. Segundo funcionários da Acnur, o campo de Kili Faizo poderia receber até 10.000 pessoas, mas as autoridades paquistanesas querem limitar suas dimensões. Também no Paquistão outros três campos foram armados na província das Fronteiras - dois no distrito de Mohmad e um terceiro no de Khyber - e poderão abrigar outros 22.000 refugiados. Leia o especial

Agencia Estado,

24 Outubro 2001 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.