ONU projeta deterioração ainda maior da situação em Gaza

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) projeta um cenário crítico para a Faixa de Gaza no fim da década. De acordo com a entidade, se continuar isolado e sem receber mais investimentos em educação e infraestrutura, o sitiado enclave litorâneo palestino "praticamente não terá acesso confiável" a fontes de água potável, sofrerá uma deterioração ainda maior dos sistemas de educação e ensino e não disporá de recursos suficientes de energia.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 13h13

Atualmente, o desemprego em Gaza situa-se na casa de dois dígitos. A pobreza é generalizada no território, que sofre ainda com frequentes blecautes, rápido crescimento populacional e deterioração da infraestrutura. Nos últimos anos, a situação agravou-se com o acirramento do bloqueio israelense por terra, ar e mar e ao isolamento internacional do governo chefiado pelo grupo fundamentalista islâmico Hamas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUGazapalestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.