ONU recebe relatório iraquiano sobre armamentos

A sede das Nações Unidas (ONU) em Nova York (EUA) recebeu na noite deste domingo o inventário com a relação dos armamentos do Iraque. São mais de 12 mil páginas e vários CD-ROMs. O documento foi recebido pelo diretor executivo da comissão de inspetores de armamentos da ONU (UNIMOVIC), Hans Blix. Outra cópia do relatório no qual o Iraque nega possuir armas nucleares, biológicas ou químicas foi remetida para Viena, na Áustria, e será examinado na sede da Agência Internacional de Energia Atômica, um organismo da ONU. O documento foi exigido pelo Conselho de Segurança no mês passado e conta com informações detalhadas fornecidas pelo governo iraquiano dos últimos quatro anos, tempo que o Iraque não permitiu o ingresso dos inspetores da ONU no país. Os especialistas vão precisar de várias semanas para traduzir, selecionar e analisar esses documentos que, segundo Bagdá, prova que o Iraque no tem armas de destruição de massa. Segundo o conselheiro do presidente iraquiano Saddam Hussein, Bagdad Amer al Saadi, o documento entregue neste domingo ?não tem nenhum elemento novo no que se refere a armas biológicas.? Funcionários do governo George W. Bush disseram que têm ?evidências sólidas? de que o Iraque tem em seu poder armas de destruição em massa, mas se negam a apresentar aos inspetores da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.