ONU recua tropas no Congo

As Nações Unidas interromperam abruptamente, hoje, um desembarque de tropas em uma importante cidade no leste do Congo. O avião que transportava os soldados já se aproximava do ponto de desembarque quando foi chamado de volta. Rebeldes congoleses haviam afirmado que não iriam tolerar a chegada das forças internacionais. ?Estamos tentando entender o que aconteceu?, disse o major-general Mountaga Diallo, do Senegal. ?Espero que isso seja temporário?.A ONU havia informado ontem que planejava levar tropas marroquinas a Kisangani, a terceira maior cidade do Congo, a despeito das ameaças dos rebeldes. O líder Adolphe Onusumba havia exigido que as Nações Unidas condenassem formalmente supostas violações de um cessar-fogo, por parte do governo, antes de permitir o desembarque de tropas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.