ONU saúda ampliação do cessar-fogo em Homs

A chefe da divisão humanitária das Organização das Nações Unidas, Valerie Amos, saudou a notícia de que o governo sírio e a oposição concordaram em estender a "pausa humanitária" por três dias em localidades sitiadas próximas à cidade síria de Homs. A decisão vai permitir a retirada de civis e a chegada de ajuda adicional ao local.

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2014 | 16h28

Amos disse em comunicado nesta segunda-feira que desde o dia 7 de fevereiro grupos humanitários trabalham com autoridades locais e representantes de todos os lados "em circunstâncias extremamente perigosas" para retirar mais de 800 pessoas de Old Homs e levar alimentos e medicamentos para a população que recebeu pouca ajuda em quase dois anos.

Amos disse ser "absolutamente" inaceitável que 11 pessoas tenham perdido suas vidas enquanto trabalhavam na ajuda humanitária porque as duas partes do conflito não mantiveram o cessar-fogo durante os três dias iniciais de pausa. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUSíriacessar-fogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.