ONU vai enviar ajuda humanitária ao Iraque

Entregas incluem cabanas, lençóis plásticos, kits de cozinha e recipientes de combustível; operação para levar suprimentos para Erbil começa nesta quarta-feira, 19

Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2014 | 15h26

A agência para refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou nesta terça-feira que está preparando um enorme procedimento de ajuda humanitária para as cerca de 500 mil pessoas desabrigadas por grupos radicais sunitas no norte iraquiano. As entregas incluem 3,3 mil cabanas, 20 mil lençóis plásticos, 18,5 mil kits de cozinha e 16,5 mil recipientes de combustível.

A partir desta quarta-feira, a ONU vai dar início a uma operação de quatro dias para levar suprimentos de Aqaba, na Jordânia, para Erbil, no Iraque. Comboios da Turquia e da Jordânia, além de navios de Dubai e do Irã, também serão enviados nos próximos 10 dias.

"Em resposta à deterioração do cenário no Norte do Iraque, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) vai lançar nesta semana um de seus maiores empurrões de ajuda humanitária focado na ajuda a cerca de meio milhão de pessoas que foram forçadas a deixarem suas casa", diz a declaração da ONU.

Quase 1,2 milhão de iraquianos ficaram desabrigados desde que o Estado Islâmico, grupo extremista que quer restabelecer um califado no Iraque e na Síria, tomou controle de partes do país no começo deste ano. Muitos dos refugiados são da minoria religiosa Yazidi, perseguida pelos militantes.

A ONU informou que as condições "continuam desesperadoras" para muitas das pessoas desabrigadas, que sofrem para encontrar comida e água. A organização também está trabalhando com autoridades locais no Curdistão, onde mais de metade dos refugiados encontrou abrigo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueviolênciaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.