ONU votará moção de apoio à missão de Annan na Síria

O Conselho de Segurança da ONU deve votar hoje uma declaração de apoio ao enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe para a crise síria, Kofi Annan. A moção, apresentada pela França, respalda "totalmente" o plano de Annan para pôr fim ao conflito na Síria, que já dura um ano, e expressa preocupação com a deterioração da situação no país. Segundo o presidente do conselho, o embaixador britânico Mark Lyall Grant, a declaração deve ser aprovada. A China e a Rússia já vetaram duas resoluções que condenavam a violência na síria. A declaração presidencial tem peso menor. A diplomacia russa quer acrescentar ao texto a condenação ao atentado de sábado em Damasco, que, segundo o regime, foi executado pela oposição. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.