Onze mineiros são achados mortos após incêndio em mina da Sibéria

Onze mineiros foram achados mortos nesta sexta-feira no interior de uma mina de ouro na Sibéria, onde na véspera mais de 30 trabalhadores ficaram presos em conseqüência de um incêndio, informou o Ministério de Situações de Emergência da Rússia.Os corpos ainda estão no interior da mina. As equipes de resgate ainda não dispõem dos recursos técnicos para que eles possam ser trazidos de volta à superfície, disse um porta-voz ministerial à agência "Interfax".Ele acrescentou que as brigadas de socorro continuam a busca de pelo menos outros 22 mineiros ainda presos nas galerias da mina Vershino-Darasunski, na região de Chita, na fronteira com a Mongólia e a China.Segundo a versão oficial, no momento do incêndio 64 trabalhadores estavam na mina e 31 deles conseguiram sair por um túnel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.