Onze ministros entregam o cargo na África do Sul

A saída do presidente Thabo Mbeki, nesta semana, levou vários ministros a pedirem demissão, entre eles o bem visto titular da pasta das Finanças, Trevor Manuel. Em comunicado divulgado hoje pela presidência, Mbeki disse que aceitou com pesar as demissões de Manuel, do vice-presidente e dos ministros da Defesa, Inteligência e Empresas Públicas, entre outros. No total, demitiram-se 11 ministros e três vice-ministros, segundo o presidente. No domingo, Mbeki disse em discurso que deixaria o cargo, atendendo a um pedido do partido governista Congresso Nacional Africano.A notícia da saída de Manuel foi mal recebida por investidores, provocando queda em ações locais. Hoje, o partido governista anunciou que o vice-presidente da sigla, Kgalema Motlanthe, assumiria como presidente sul-africano até as próximas eleições, em abril do ano que vem. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.