Onze morrem em queda de helicóptero na Chechênia

Onze pessoas morreram neste domingo, entre elas, dois generais do Ministério do Interior e três coronéis, quando um helicóptero militar russo explodiu e caiu durante um vôo sobre a Chechênia, informaram fontes oficiais. O helicóptero Mi-8 do Ministério do Interior da Rússia explodiu e caiu perto da vila de Shchelkovskaya, nordesde da capital Grozny, disse Yuri Kolodkin, oficial regional do Ministério de Situações Emergenciais. O helicóptero estava voando de uma base militar em Kankhala, na Chechênia, para Mozdok. Um oficial do quartel general de Mozdok disse que a explosão pode ter sido causada por um atentado terrorista e afirmou que uma investigação já foi iniciada pelo Ministério do Interior.

Agencia Estado,

27 Janeiro 2002 | 12h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.