Onze rebeldes das Farc morrem em confrontos na Colômbia

Grupo revolucionário invade fazendas a noroeste de Bogotá e mata duas pessoas

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

Onze guerrilheiros da principal força rebelde de esquerda da Colômbia morreram neste sábado, 16, nos combates com o Exército em três regiões do país. Uma frente rebelde tomou de assalto um povoado e matou um policial e um civil, segundo militares. As Farc atacaram o povoado de Venadillo, na zona montanhosa do departamento do Tolima, 120 km a noroeste de Bogotá. O comando do Exército informou que sete combatentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreram em uma operação militar da Força de Avanço Rápido, treinada pelos Estados Unidos, perto do povoado de La Macarena, no departamento do Meta. As tropas do Exército ocuparam um acampamento das Farc nessa área, sudoeste do país, e apreenderam 14 fuzis, dois morteiros, 10 mil projéteis, 87 granadas de fragmentação e duas toneladas de alimentos. O general William Pérez Layseca, comandante da força especial, disse que durante os combates foram capturados quatro guerrilheiros e outros cinco se renderam. O local do combate é uma zona de ação permanente do Exército contra as Farc, que durante anos controlou a região diante da ausência do Estado. Outros quatro rebeldes morreram durante combates com o Exército nos departamentos de Santander, Guainía e Casanare.

Mais conteúdo sobre:
Farc Colômbia Exército

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.