Opep não deve suspender cotas de produção

A Opep deve afirmar que pode evitar qualquer insuficiência na oferta mundial de petróleo durante o evento de uma guerra contra o Iraque no encontro dos Ministros do Petróleo dos 11 países que compõem o cartel - excluindo o Iraque - que ocorre hoje. Os Ministros devem decidir sobre a política que será adotada e ratificar a posição durante o encontro formal que inicia-se às 12h (de Brasília).A Opep deverá concordar em não suspender o sistema de cotas de produção, conforme especulou-se, já que a decisão indicaria apoio a um ataque contra um membro do cartel. O maior produtor do grupo, a Arábia Saudita, indicou esta manhã que possui capacidade excedente de produção suficiente para manter os mercados abastecidos durante interrupção da distribuição iraquiana, de 1,7 milhão de barris diários. O representante do Kuwait mostrou-se cauteloso, já que provavelmente terá de interromper a produção de até 700 mil barris por dia em campos próximos à fronteira com o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.