Operação de tropas afegãs e americanas mata vários insurgentes

Durante a operação foram detidos três homens, um deles ferido; segundo americanos, não há vítimas civis

Efe,

04 de setembro de 2007 | 06h08

Vários supostos insurgentes morreram nesta terça-feira, 4, numa operação conjunta das forças afegãs e da coalizão liderada pelos Estados Unidos no Afeganistão, na qual foram detidos três supostos extremistas islâmicos, informou o comando americano. Num comunicado, o comando dos EUA explicou que a ofensiva aconteceu esta madrugada, na província de Ghazni, no leste do país. As tropas, que tinham recebido informações sobre a presença de milicianos no distrito de Qarabagh, enfrentaram um grupo de insurgentes, que atacou com armas leves e granadas. Os soldados responderam ao fogo com armas de precisão, o que levou à morte de "vários milicianos que estavam armados e usavam coletes com munição", disse a nota americana. No local também foram encontradas minas, acrescentou o comunicado. Durante a operação foram detidos três homens, um deles ferido. Os três "serão interrogados sobre a sua implicação em atividades extremistas". O comando americano afirmou que não há indícios de vítimas civis no combate. Mas reconheceu que causou "alguns danos" em edifícios e campos. As últimas semanas foram marcadas por duros combates no leste e do sul do Afeganistão, país onde morreram mais de 3.700 pessoas este ano por causa da violência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.