Operários protestam contra sanções dos EUA

Trabalhadores do setor petrolífero da Venezuela fizeram ontem protestos para denunciar as "sanções imperialistas" dos EUA impostas ao país por causa de laços com o Irã. A reação, contudo, não parece ser capaz de colocar em risco o gigantesco comércio bilateral. Os trabalhadores deram sinais de apoiar o presidente Hugo Chávez e aguardaram para ver qual retaliação, se houver, será adotada por Caracas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.