Oposição alemã quer manter idade mínima de aposentar

Maior legenda da oposição alemã, o Partido Social Democrata propõe uma suspensão do aumento na idade mínima para aposentadoria de 65 para 67, conforme se prepara para as eleições do ano que vem. Em uma conferência de centro-esquerda neste sábado, Peer Steinbrueck, que desafiará a chanceler Angela Merkel em setembro de 2013, endossou novas políticas para pensionistas.

GABRIELA MELLO, Agência Estado

24 de novembro de 2012 | 14h45

A legenda de Steinbrueck estava no governo quando a Alemanha determinou que a idade mínima para se aposentar seria gradualmente elevada a partir de 2012 até 2029, mas a decisão nunca foi popular no partido.

Os Sociais Democratas agora propõem que as pessoas que contribuíram com o sistema de pensões por ao menos 45 anos possam se aposentar com pagamento integral. Eles também defendem que a idade mínima para aposentadoria não seja elevada até que ao menos metade da população entre 60 e 64 anos esteja empregada. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhaaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.