Oposição apoiada pelo Irã abre frente no norte do Iraque

Tropas da oposição iraquiana, respaldadas pelo Irã, ingressaram no norte do Iraque com o propósito de assegurar fronteira no caso de uma guerra, informou nesta quarta-feira o jornal britânico Financial Times.De acordo com o diário, cerca de 5.000 soldados com equipamento pesado encontram-se sob o comando do aiatolá Mohammad Baqir al-Hakim, um destacado líder muçulmano xiita do Iraque, que vive no Irã desde 1980.Um funcionário iraniano disse ao jornal que parte da Brigada Badr, do aiatolá Al-Hakim, posicionou-se nos arredores de Darbandikhan, uma região de colinas a aproximadamente 25 quilômetros da fronteira com o Irã.Segundo o Financial Times, a Brigada Badr foi treinada e equipada pela Guarda Revolucionária do Irã "e pode ser considerada uma força dependente do governo iraniano".Apesar de funcionários iranianos insistirem que o papel dos soldados de Al-Hakin é defensivo, sua presença "exacerba" os temores de que uma intervenção militar no Iraque "levará a uma permanente desintegração do país", avalia o jornal britânico.Ao deslocar para o norte do Iraque "uma força subordinada", o Irã "deixa claro que não pode ser ignorado em futuras discussões sobre a composição do Iraque", analisa o Financial Times.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.