Oposição diz que futuro pós-Assad está sendo planejado

Uma porta-voz do Conselho Nacional Sírio, de oposição ao regime do presidente Bashar Assad, afirmou nesta sexta-feira que o grupo está preparando uma alternativa para o governo atual que poderia incluir membros das instituições do Estado e até do Partido Baath, de Assad.

AE, Agência Estado

03 de agosto de 2012 | 14h41

Bassma Kodmani, porta-voz do Conselho baseada em Paris, não exclui um papel para Manaf Tlass, o general que por muito tempo foi aliado próximo de Assad, até desertar no mês passado.

Kodmani disse em entrevista que "o governo de transição não é apenas o Conselho Nacional Sírio". "Estamos ansiosos para ultrapassar essa fase", acrescentou. Quanto a Tlass ? descartado por vários oposicionistas por ter sido próximo demais do atual presidente ? a porta-voz afirmou que "ele definitivamente deve fazer parte do grande plano de transição". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriatransiçãooposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.