Miguel Gutierrez/Efe
Miguel Gutierrez/Efe

Oposição e partidários de Maduro convocam novas marchas na Venezuela

Barricadas fecham ruas de Caracas e novos protestos ocorrem em Carabobo

Luiz Raatz, enviado especial a Caracas,

24 de fevereiro de 2014 | 11h56

CARACAS - Algumas ruas de Caracas amanheceram fechadas por barricadas nesta segunda-feira, 24. Foram registrados protestos também em Maracay, no Estado de Carabobo. As manifestações ocorrem na parte leste da cidade, reduto da oposição. Algumas linhas de metrobus foram fechadas, mas grande parte do trânsito foi liberado no final desta manhã.

Nesta segunda-feira ocorre uma manifestação de membros de milícias chavistas no Palácio de Miraflores. Acusados pela oposição de abrir fogo contra marchas de estudantes opositores ao governo, eles prometem sair em passeata pela paz pelo centro de Caracas.

Também está marcado um ato da oposição na Praça Venezuela, convocado pela deputada Maria Corina Machado, acusada por Caracas de ser financiada pelo governo americano. A seu lado estará Lilian Tintori, mulher do líder oposicionista Leopoldo López, preso na semana passada.

No Palácio de Miraflores, o presidente Nicolás Maduro deve receber governadores da oposição, entre eles seu rival nas eleições do ano passado, Henrique Capriles, para discutir a crise política no país.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.