Oposição e situação clamam vitória na Venezuela

Militantes da oposição e do governo se proclamaram vencedores do processo de três dias de verificação de assinaturas - conhecido como "reparo" -, quando eleitores poderiam confirmar ou retirar assinaturas em petições por um referendo contra o presidente Hugo Chávez. O vice-presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Ezequiel Zamora, prometeu que os resultados oficiais serão divulgados na sexta-feira. Um eventual referendo deverá ser realizado em 8 de agosto.O referendo seria a última chance da oposição para retirar legalmente do poder o populista Chávez, antes que ele dispute a reeleição em 2006. Enrique Mendoza, governador do Estado de Miranda e líder da Coordenação Democrática, de oposição ao governo federal, afirmou que foram confirmadas mais assinaturas do que as necessárias para a convocação do referendo."A contagem regressiva (para o referendo) começou", garantiu Mendoza. Mas o ministro da Informação, Jesse Chacon, insistiu que o resultado será "favorável" ao presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.