Oposição exige que Blair convoque o Parlamento

O líder da oposição conservadora da Grã-Bretanha, Iain Duncan Smith, exigiu hoje que o primeiro-ministro Tony Blair convoque o Parlamento ? que está em recesso ? e abra investigações amplas sobre a utilização, pelo governo, de documentos dos serviços secretos sobre as supostas armas de Saddam Hussein. Blair está em viagem ao Japão. As pressões pela renúncia do premier britânico continuaram hoje, desta vez por parte de uma militante famosa de seu próprio partido, a deputada e atriz de cinema Glenda Jackson. "Acho que o premier (Blair) deveria considerar a possibilidade de abandonar o cargo", afirmou a deputada, que pertence à ala esquerda do Partido Trabalhista.

Agencia Estado,

19 Julho 2003 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.