Oposição exige que líder paquistanês entregue poderes

Um influente líder da oposição no Paquistão exortou o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, a abrir mão de seus poderes imediatamente. O comunicado, divulgado neste domingo por Shahbaz Sharif, vem um dia depois de expirar a anistia que impedia Zardari e vários de seus aliados de serem processados por corrupção.

AE-AP, Agencia Estado

29 Novembro 2009 | 10h11

Como presidente, Zardari goza de plena imunidade, mas a Suprema Corte paquistanesa pode contestar o privilégio. Na sexta-feira, Zardari transferiu o comando do arsenal nuclear paquistanês ao primeiro-ministro e afirmou que cederia mais poderes até o final do ano.

Sharif diz que Zardari já fez promessas semelhantes antes e que "precisa agir agora". Os problemas políticos de Zardari têm distraído o governo do Paquistão, que sofre pressão dos Estados Unidos para concentrar seus esforços no combate ao grupo militante Taleban. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Paquistão violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.