Oposição inicia diálogo com Evo

O presidente da Bolívia, Evo Morales, iniciou ontem uma reunião a portas fechadas com os governadores da oposição, com o objetivo de alcançar uma solução para a atual crise no país. O encontro começou às 18h40 (19h40 de Brasília), com a chegada à sede presidencial dos governadores regionais de Tarija, Mario Cossío; Pando, Leopoldo Fernández; Beni, Ernesto Suárez; e Chuquisaca, Savina Cuéllar, que estavam acompanhados de representantes do Departamento de Santa Cruz. Assim como Evo, todos os governadores citados, com exceção da de Chuquisaca, que tomou posse em julho, foram ratificados no poder no referendo revogatório de domingo. Segundo a apuração parcial da Corte Nacional Eleitoral (CNE) - com base em 95% da urnas -, Evo havia obtido 67% dos votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.