Oposição iraquiana pede rebelião popular

Grupos de oposição iraquianos lançaram um apelo à população do país para que esteja pronta para se rebelar contra o presidente Saddam Hussein e seu Partido Baath. Segundo um grupo xiita apoiado pelo Irã, foi pedido às Forças Armadas iraquianas que se unam às tropas americanas e britânicas na luta para derrubar o dirigente.Segundo Mohsen Hakim, um dos líderes do Conselho Supremo para a Revolução Islâmica no Iraque (CSRII), que tem base em Teerã, o apelo foi feito em um manifesto, após um encontro de líderes de grupos de oposição - incluindo o CSRII, a União Patriótica do Curdistão, o Partido Democrático do Curdistão e o Congresso Nacional do Iraque -, terça-feira, em Salahuddin, no norte do Iraque.Hakim revelou a existência de várias manifestações anti-Saddam na cidade de Basra, na terça-feira, com choques entre a população e as forças de segurança, que teriam deixado muitos civis feridos. Na segunda-feira, manifestantes entoaram slogans contra o presidente iraquiano na cidade de Najaf, sagrada para os xiitas. "A população de Najaf e de outras cidades está pronta e esperando."Antes, o porta-voz do CSRII, Abu Islam, também havia falado de distúrbios em Basra na terça-feira, que, para ele, nada tinham a ver com um levante popular. Apesar de as pessoas cantarem slogans anti-Saddam, não ficou claro se a manifestação estaria relacionada ao racionamento de água e aos cortes de energia na segunda maior cidade do Iraque. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.