Oposição pede transição democrática em Burkina Faso

Burkina Faso, 02/11/2014 - A nova liderança militar de Burkina Faso está ficando sob crescente pressão para ceder o poder a um governo civil.

ASSOCIATED PRESS, Estadão Conteúdo

02 Novembro 2014 | 11h57

Ativistas políticos que se opuseram ao regime de longo período de Blaise Compaore estão dizendo que a legitimidade de sua luta não deve ser "confiscada por um exército".

Cerca de 1 mil pessoas se reuniram neste domingo em Place de Nation, na capital de Burkina Faso, para pedir por uma transição democrática e civil.

Compaore renunciou ao cargo depois que manifestantes colocaram fogo em parte do Parlamento, em meio à sua tentativa de alterar a Constituição para que conseguir um quinto mandato. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Burkina FasoProtestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.