Oposição protesta para cobrar informações sobre Chávez

Centenas de opositores de Hugo Chávez realizaram um protesto neste sábado, cobrando respostas do governo da Venezuela sobre o estado de saúde do presidente. Chávez está internado em um hospital militar em Caracas desde que voltou de surpresa ao país, no dia 18.

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2013 | 20h37

Os líderes opositores criticaram neste sábado o mistério sobre a doença e o tratamento de Chávez. Eles dizem que muitos venezuelanos querem que o governo diga toda a verdade sobre a condição do presidente.

Chávez não aparece em público desde 11 de dezembro do ano passado, antes de passar por uma cirurgia para tratar de um câncer, em Cuba. Desde então, ele é visto apenas em raras fotos divulgadas pelo governo.

O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse na noite de sexta-feira que se reuniu com Chávez no hospital e que ele consegue trabalhar e continua "muito enérgico". "O presidente continua a respirar por meio de um tubo na traqueia, mas ele pode se comunicar conosco através de mensagens escritas e nos dar instruções", disse Maduro.

Segundo Antonio Ledezma, líder do partido político Aliança Bravo Povo, várias forças da oposição vão começar a trabalhar neste domingo para encontrar um candidato único para concorrer contra Madura, caso Chávez morra e seja necessário realizar novas eleições.

"Nós vamos garantir que tenhamos um candidato único, que não será alguém que faz discursos políticos negativos, insultando as pessoas, como Maduro faz", afirmou Ledezma. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaChávezoposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.