Oposição síria denuncia morte de bebê em nevasca em Alepo

O bebê estava em uma casa danificada pelos combates e não resistiu, diz porta-voz

O Estado de S. Paulo,

12 de dezembro de 2013 | 10h20

BEIRUTE - A Coalizão Nacional Síria (CNS), grupo rebelde que combate o regime de Bashar Assad, disse nesta quinta-feira, 12, que dois crianças, entre elas um bebê de seis meses, morreram de frio em áreas controladas pelos rebeldes na Síria.

"O bebê estava em uma casa danificada pelos combates e não resistiu", disse o porta-voz do CNS Soner Ahmad."Outra criança também morreu de frio em Rastan."

Uma tempestade de neve afeta a Síria, o Líbano e a Jordânia desde ontem. Estradas foram bloqueadas. A maior preocupação de agências humanitárias são com os milhares de refugiados do conflito, que vivem de maneira precária na Turquia, Jordânia e Líbano. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.