Oposição síria elege primeiro-ministro

A Coalizão Nacional Síria (CNS), grupo que reúne a oposição no exílio, elegeu nesse sábado o islamita moderado Ahmad Saleh Touma como o novo primeiro-ministro do governo interino da oposição. A CNS votou durante reunião em Istambul.

ASSOCIATED PRESS, Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 15h57

A eleição de Touma ocorre no mesmo dia em que Estados Unidos e Rússia entraram em acordo para destruir o arsenal químico da Síria e buscam avanço nas negociações para colocar fim à guerra civil do país.

Touma será desafiado a organizar o comando em áreas controladas por facções rebeldes. Ele disse, em discurso, que irá trabalhar para que a Síria volte a ser um país que respeite a vida humana e os direitos.

Mais conteúdo sobre:
Siriaeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.