Oposição síria nega acusação de uso de armas químicas

A oposição da Síria negou neste sábado, 24, as acusações feitas pelo governo do país de que os rebeldes haviam recorrido ao uso de armas químicas. Segundo a oposição, o governo está tentando desviar a atenção da comunidade internacional.

FERNANDO TRAVAGLINI, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 13h28

"A Coalizão Nacional rejeita totalmente as mentiras do regime do presidente Bashar Assad e as considera uma tentativa desesperada de desviar a atenção de seus repetidos crimes e métodos contra os civis sírios", disse o principal bloco de oposição. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
armas químicassíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.