Oposição síria pede ajuda humanitária em Qusayr

O líder da oposição na Síria, George Sabra, pressionou os rebeldes do país a "correrem ao resgate" da base rebelde de Qusayr, que está sob o ataque de tropas do regime, apoiadas por extremistas do Hezbollah.

Agência Estado

22 de maio de 2013 | 12h17

"Vamos correr ao resgate de Qusayr e Homs", disse ele, em comunicado, pedindo o envio de homens e armas, "por menores que sejam". Sabra também pediu que a comunidade internacional estabeleça um corredor humanitário para ajudar a cidade de Qusayr, onde ocorre uma ferrenha batalha entre tropas do regime e rebeldes.

"Pedimos à comunidade internacional que abra um corredor humanitário para resgatar os feridos e levar medicamentos e ajuda às 50 mil pessoas de lá", afirmou. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.