AFP
AFP

Oposição venezuelana convoca ato contra o governo em Caracas

Protesto contra a permissão do uso de armas letais para reprimir manifestações está marcada para o fim da tarde deste domingo

Felipe Corazza, Enviado Especial, O Estado de S. Paulo

01 de fevereiro de 2015 | 15h30

CARACAS - Setores da oposição venezuelana convocaram para este domingo um protesto contra a permissão do uso de armas letais para reprimir manifestações. O governo do presidente Nicolás Maduro tomou a decisão por decreto na semana passada.


As Forças Armadas poderão utilizar armas de fogo quando houver "situação de risco mortal" em protestos no país. A concentração deste domingo, que tem como palavra de ordem na convocação "Mate-me, sou Venezuela", está marcada para as 16h (horário local, 18h30 em Brasília) na Praça Altamira. 


Maduro tenta conter a insatisfação popular com a profunda crise econômica por que passa o país. Neste domingo, entrou em vigor um aumento de 15% no salário mínimo, anunciado no início de janeiro pelo presidente. O chavismo teme que protestos violentos como os de fevereiro de 2014 ou abril de 2013 voltem a acontecer.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaCaracasMaduromanifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.