Oposição venezuelana fará manifestação de 24 horas

A oposição venezuelana convocou uma manifestação de 24 horas - que começa no sábado e termina no domingo - contra a decisão do Tribunal Supremo de Justiça de suspender o referendo sobre a permanência do presidente Hugo Chávez no poder, marcado para o dia 2.Os opositores asseguram que este será o protesto mais longo da história e exortaram seus seguidores a levar bandeiras, apitos, cadeiras dobráveis, comida, água, velas e até mesmo TVsportáteis. O porta-voz da Coordenadoria Democrática, JesúsTorrealba, informou que ao longo da concentração serão montados vários palcos onde se apresentarão grupos de música e diversos dirigentes.Torrealba disse que mesmo com a suspensão a Coordenadoria Democrática realizará o referendo do dia 2 como um ato político de protesto. Segundo ele, nesse dia, os votantes também firmarão uma carta aberta aos povos e governos do mundo.O referendo havia sido convocado pelo Conselho Nacional Eleitoral após a oposição conseguir reunir 1,5 milhão de assinaturas pedindo a votação. Mas o governo rejeitou a convocação argumentando que ela tinha sido aprovada ilegalmente.Chávez disse que só aceitará deixar o poder por meio de um referendo revogatório que, segundo a Constituição, só poderáser realizado em agosto, na metade de seu mandato.Torrealba também declarou que a oposição só encerrará a greve, que ontem completou 54 dias, se for obtido um acordo como governo na mesa de negociações ou por meio do grupo Amigospara a Venezuela, que se reuniu hoje em Washington.Ainda hoje, uma assembléia representativa dos funcionários da estatal Petróleos da Venezuela S. A. (PDVSA) decidiu continuar as paralisações até que um acordo eleitoral seja obtido e a empresa readmita os trabalhadores demitidos.Já foram demitidos mais de 3 mil funcionários da PDVSA, dos mais 35 mil que aderiram à greve. O presidente Hugo Chávezos acusou de "sabotadores" e de provocar a ruína econômica dopaís. Mais da metade das receitas da Venezuela vêm da atividadepetrolífera.Segundo o governo, estão sendo prozudidos atualmente mais de 1 milhão de barris diários de petróleo. Normalmente, a Venezuela, o quinto maior exportador de petróleo, produz 2,8 milhões de barris por dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.